quarta-feira, 3 de outubro de 2012

ATIVIDADE FÍSICA APÓS A CIRURGIA BARIÁTRICA


O exercício físico é de extrema importância para todos os indivíduos para manutenção ou promoção de saúde, ou seja, aquele indivíduo que goza de plena saúde deve praticar exercícios físicos para que, no futuro, tenha menores probabilidades de que esses apareçam. E para quem já apresenta algum problema de saúde, podem achar na prática de exercícios físicos uma maneira de conviver com a doença com melhor qualidade de vida. Portanto, o indivíduo que se apresenta com obesidade e se submete a uma cirurgia bariátrica pode buscar um emagrecimento mais saudável se no pós-operatório praticar exercícios físicos.

Um programa de exercícios para ser completo deve ter:
  1. Trabalho aeróbio (caminhadas, pedalagem, hidroginástica)
  2. Trabalho de força (musculação)
  3. Trabalho de flexibilidade (alongamentos).

Este tipo de programa para pacientes no pós-operatório vai trazer benefícios, como:
  • Redução da Gordura Corporal - devido ao aumento do gasto energético e da consequente queima de calorias, ocorre uma maior diminuição das reservas de gordura corporal;

  • Diminuição da Perda de Massa Muscular - efeito esse de grande utilidade nos programas de emagrecimento, pois nesse processo, quando a perda de peso é muito drástica, pode haver uma diminuição da massa muscular;

  • Manutenção e Aumento do Metabolismo - decorrente do aumento de massa muscular, pois a mesma é responsável pela maior parte do metabolismo orgânico;

  • Minimização da Ansiedade e da Depressão - indivíduos com tendência a ansiedade e depressão são beneficiados pela liberação de substâncias calmantes e relaxantes durante os exercícios. As endorfinas, aumentadas no organismo, ajudam na diminuição da hiperatividade.
  • Controle da Pressão Sanguínea - com o aumento da circulação e da quantidade de vasos sanguíneos, os exercícios físicos ajudam tanto no controle de pressão alta como baixa. Com um acompanhamento médico correto, exercícios físicos de baixa a moderada intensidade podem facilitar a manutenção de uma boa pressão arterial.

  • Melhoria da Função Cardiorrespiratória - o fortalecimento do coração e pulmão através do exercício físico é de extrema importância, pois o indivíduo obeso geralmente tem a função desses órgãos prejudicada.


Entre outros benefícios, esses são comuns a todos os indivíduos, sejam eles operados ou não. A partir desse momento (pós-operatório), precisa existir uma conscientização de que os hábitos alimentares vão mudar e, junto disso, deve haver mudança de ESTILO DE VIDA, no qual está incluída a prática de exercícios físicos, e isto é para o resto da vida, pois se o indivíduo voltar aos hábitos anteriores, a cirurgia pode não ter sucesso.

O Método STS (Strength Training Strategies) de Musculação Terapêutica é uma modalidade de Treinamento Físico que pode ser aplicada em qualquer tipo de indivíduo, desde atletas até pessoas comprometidas clinicamente, como diabéticos, cardiopatas, obesos, Idosos e até em funcionários de empresas.

Os exercícios desta metodologia possuem caráter funcional de movimento, isto é, estes movimentos são próprios para a atividade do corpo humano, e ideais para a manutenção da força e flexibilidade normais.

Para a prescrição de carga, leva-se em consideração a capacidade cardíaca de cada indivíduo, e a evolução dos exercícios são totalmente baseadas na freqüência cardíaca, personalizando o treinamento, diminuindo a margem de erros e acelerando o ganho de força e flexibilidade.

Desta forma, a monitorização contínua da freqüência cardíaca, e a execução de movimentos funcionais, caracterizam o método, em relação ao treinamento personalizado. 

Contato: Dr. Maxwell Gurgel
Fisioterapeuta - Método STS de Musculação Terapêutica & Assessoria Metabólica
Tel: (027) 9993.4433 / 9233.5302 / 8121.4711

E-mail: maxwellgurgel@yahoo.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário